PUB

segunda-feira, 30 de junho de 2014

Salada Fresca de Grão e Atum

Esta é daquelas receitas simples de se fazer e que não falta na casa de muitos portugueses. Mesmo assim, quis deixar aqui o registo da forma como a faço.
Trata-se de uma salada adequada para o Verão, fresca e económica. E, perfeita também aqueles dias preguiçosos que todas nós temos de vez em quando.

O grão de bico é uma leguminosa rica em proteínas e ferro. Contribui ainda a redução do colestrol ruím nos intestinos e previne as doenças cardiovasculares, entre outras (saiba mais aqui). Não acham que são argumentos mais que válidos para consumir esta leguminosa com alguma regularidade? :)






Receita:
Para ~ 3 pessoas


  • 400 grs de grão de bico cozido
  • 3 ovos cozidos
  • 2 latas de atum (usei em óleo)
  • 1 raminho de salsa
  • 1 cebola pequena
  • 1 tomate
  • azeite qb
  • Vinagre qb
  • 1 pitada de sal

Preparação:

  1. Escorra e passe por água o grão de bico e coloque numa taça.
  2. Escorra as latas de atum e com um garfo, solte o atum e junte ao grão.
  3. Pique a cebola, a salsa e o tomate. Junte à mistura anterior.
  4. Tempere com sal, azeite e um pouquinho de vinagre. Misture.
  5. Por fim, espalhe 2 ovos picados finamente e o terceiro partido em cruz para decorar.
  6. Leve ao frigorífico 30 a 45 minutos antes de servir.
Bom apetite!

___________________________

- tempo de preparação: 15 minutos + 30 a 45 minutos refrigeração
- dificuldade: Fácil
- vegetariano: Não
- para crianças: Sim
- ingrediente principal: Grão de Bico
- nº de porções: 3



***

Esta Receita serve ainda para participar em 2 desafios:

  -> Participo com esta salada no desafio mensal dos blogues "A Cozinha da Ovelha Negra" e "Coisas e Coisinhas" que já conta com a 3ª edição. O desafio consiste em  desafiarmo-nos na cozinha a criar receitas deliciosas e equilibradas, tendo sempre em conta estes dois fatores que tanto importam nas nossas vidas: o tempo e o dinheiro! Penso que a minha receita cumpre na perfeição os requesitos :) .


 Sendo que o tema deste mês foi escolhido pela Sónia do blogue "Duranjas" . O tema por ela escolhido foi: "Euro-poupança: pratos principais por 1€ por pessoa".


Vamos a contas:

1 Lata de grão de bico cozido marca "Rio Bravo" (mercearia local): 0.70 €
3 ovos( os meus são caseiros, mas vou ter em conta o preço dos ovos no Continente): 0.42 €
2 Latas de Atum Pingo Doce: 0.66 € cada =  1.32 €
1 cebola: ~ 0.20 €
1 Tomate: ~ 0.30 €

Total: 2.94 € /3 = 0.98 € / Pessoa. Ö






-> Participo ainda com esta salada no desafio proposto através do Facebook pelo blogue "Julie and Julia 365 dias com a Bimby" que tem como objectivo criar um álbum apenas com saladas frescas para o Verão. Parece-me bem :)






sexta-feira, 27 de junho de 2014

Cheesecake de Morango

E pronto, é por estas e por outras que já há quase um ano que desejo entrar em dieta mas não passou disso mesmo, de um mero desejo. Quem me manda a mim ser gulosa, não é verdade?
Fiz esta receita para aproveitar uns morangos que haviam lá pelo frigorifico. Tenho de confessar, só fiz cheesecake uma única vez e odiei. Juro que não compreendia como alguém poderia adorar um cheesecake. E até gosto de queijo mas de facto não foi a receita certa, julgo eu. Estava demasiado doce! Decidi arriscar novamente e não me arrependi :).
Desta vez, tentei procurar algo não muito doce. Mesmo assim, fiz a receita a medo tendo em conta que o meu marido também é bastante critico no que toca a sobremesas com "papas" como ele diz :) .
Para ser sincera, pensei que iria ter de despachar o cheesecake para a casa de algum familiar ou vizinho, uma vez que somos bastante reticentes a este tipo de sobremesa. Mas não, não cheguei a ter tempo. O meu marido comeu-o quase todo sozinho he he. Estava mesmo bom e desta forma, converti-me aos cheesecake's.
 






Base:

  • 180g de bolacha Maria (ou bolacha de aveia)
  • 40g de manteiga derretida
  • 4 colheres de sopa de leite

Recheio:
  • 200g de queijo creme (tipo philadelphia)
  • 150g de iogurte grego (ou a mesma quantidade de iogurte natural - eu usei de aroma de morango)
  • 150g de açúcar
  • 1 colher de chá de açúcar baunilhado (usei gotas de aroma)
  • 5 folhas de gelatina incolor
  • 200ml de natas*
  • 1 colher de sopa de sumo de limão
Cobertura de Morango**:
  • 250g de morangos congelados
  • 120g de açúcar
  • 4 colheres de sopa de água
  • 1 colher de sopa de sumo de limão
Preparação:
Base:
  1. Trituras as bolachas. Juntar as bolachas com a manteiga e o leite. Misturar até obter uma mistura com aspecto de areia grossa (se necessário juntar um pouco mais de leite).
  2. Numa forma de aro removível (usei de 24 cm) colocar a mistura das bolachas dentro do aro, de modo a cobrir uniformemente o fundo e pressionar (costumo utilizar o fundo de um copo para facilitar a tarefa). Se preferir pode usar um prato de servir e desta forma coloca só o aro.
  3. Reservar.

Recheio:

  1. Numa taça, juntar o queijo creme com os iogurtes e o açúcar. Bater com a batedeira até obter um creme liso e brilhante.
  2. Colocar as folhas de gelatina de molho em água fria, por alguns minutos.
  3. Bater as natas com o sumo de limão até ficarem bem firmes*.
  4. Escorrer as folhas de gelatina e dissolve-las em 3 colheres de sopa de água quente. Deixar arrefecer um pouco e juntar à mistura do queijo creme. Misturar muito bem com uma vara de arames.
  5. Posteriormente, envolver suavemente as natas na mistura do queijo.
  6. Com cuidado verter o creme preparado para dentro do aro. Levar ao frigorífico até solidificar (costumo deixar durante a noite a refrigerar)

Cobertura de Morango:
  1. Num tachinho colocar todos os ingredientes da cobertura e levar ao lume. Deixar cozinhar em lume brando até os morangos ficarem desfeitos e espesso (cerca de 5 minutos, mexendo frequentemente).
  2. Retirar do lume e triturar com uma varinha mágica. Deixar arrefecer completamente.
Na altura de servir, retirar o cheesecake do frigorifico e com cuidado retirar o aro. Espalhar a cobertura de morango sobre o cheesecake.

*Para bater as natas bem firmes, colocar no congelador 20 minutos antes de utilizar.

** Na minha opinião, a cobertura é um pouco demais. Para uma próxima irei reduzir um pouco as quantidades. Fica a nota.
Receita daqui. (Baunilha e Caramelo)
___________________________
- tempo de preparação: 30 minutos + 4 horas refrigeração (mínimo)
- dificuldade: Fácil
- vegetariano: Não
- para crianças: Sim
- ingrediente principal: Queijo Creme, Morango
- nº de porções: 10/12 fatias

quarta-feira, 25 de junho de 2014

Tarte de Nata

No fim de semana tivemos um jantar de amigos e fiquei de levar algo para sobremesa. Lembrei-me que tinha uma massa folhada no frigorifico, que já há algum tempo não fazia esta tarte de nata e que é sempre tão elogiada. Já perdi a conta das vezes que a fiz e nunca me deixa mal...
A receita é simples, não tem nada que saber mas aqui fica o registo de como a faço.





 
 
Ingredientes:

  • 1 Base de massa folhada redonda
  • 280 grs de açúcar (coloquei 250)
  • 60 grs de Farinha Maizena
  • 5 gemas
  • 0.4 l de leite
  • 160 ml de água
  • 1 pau de canela
  • 1 casca de limão
  • Canela para polvilhar
Preparação:

  1. Disponha a massa folhada num forma de aro removível (usei de 24 cm) e pique, com um garfo, o fundo. Reserve.
  2. Pré - aqueça o forno a 180º.
  3. Num tacho, junte por esta ordem os seguintes ingredientes, sempre mexendo bem entre cada ingrediente: açúcar, maizena, as gemas, o leite e por fim a água.
  4. Bata bem e certifique-se que não fica com grumos. Na eventualidade de ter e não os conseguir desfazer, use a varinha mágica.
  5. Junte 1 pau de canela e a casaca de limão e leve ao lume mexendo sempre para evitar que se pegue ao fundo.
  6. Quando levantar fervura, reduza o lume. O creme engrossa rapidamente e logo que adquira consistência desligue.
  7. Retire a casca de limão e o pau de canela, verta na tarteira e alise. Leve ao forno cerca de 30 minutos ou até tostar.
  8. Depois de fria ou na hora de servir, polvilhe com canela em pó.



Bom apetite!
Espero que gostem :)


___________________________
- tempo de preparação: 45 minutos
- dificuldade: Fácil
- vegetariano: Não
- para crianças: Sim
- ingrediente principal: Leite
- nº de porções: 10/12 fatias

segunda-feira, 23 de junho de 2014

Queques Formiga

Ao folhear a revista Teleculinária nº 1836 que recebi em casa mas também se encontra nas bancas, encontrei estes queques que me saltaram à vista. Mal tive um tempinho, fui logo dedicar-me a elaborar estas pequenas maravilhas.
São rápidos de se fazer, saborosos e ideais para um lanche de final de tarde ou para acompanhar um chá.
Fiz pequenas alterações na receita original, que assinalo.









Ingredientes:
  • 250 gr de farinha (peneirada)
  • 250 gr de açúcar (coloquei apenas 200 gr)
  • 100 gr de manteiga (à temperatura ambiente)
  • 100 gr de granulado de chocolate
  • 4 ovos
  • 1 dl de leite quente
  • 1 colher (de sobremesa) de fermento
  • Margarina para untar e farinha para polvilhar*
Preparação:
  1. Unte as formas com margarina e polvilhe com farinha*. Ligue o forno a 180º
  2. Numa tigela, bata a manteiga com o açúcar até que fique um creme. Junte depois os ovos uma a um, batendo sempre muito bem entre cada adição.
  3. Junte a farinha e o fermento e depois o leite. Bata tudo muito bem, junte o granulado de chocolate e envolva bem com uma colher de pau.
  4. Disponha em forminhas (enchi 1/3 das formas) e leve ao forno durante cerca de 35 minutos. faça o teste do palito.
* Como não tenho formas iguais às usadas na revista, usei formas de silicone, logo não foi necessário untar.


___________________________
- tempo de preparação: 1 horas
- dificuldade: Fácil
- vegetariano: Não
- para crianças: Sim
- ingrediente principal: Pepitas de Chocolate
- nº de porções: 20 queques (nas formas de silicone)

terça-feira, 17 de junho de 2014

Parceria Dulcis






Tenho o prazer de anunciar parceria com a Dulcis, uma empresa em expansão com produtos de qualidade e excelência. Não deixem de visitar o seu site e página de Facebook.


Um pouco sobre a empresa:

Dulcis - Pastelaria para usar lá em casa
Missão
A Dulcis nasce com o desígnio de proporcionar uma experiência única a todos os amantes de pastelaria, tendo como ideal, a defesa dum lema universal em que qualquer um de nós, pode confecionar todo o tipo de doces e sobremesas, com o mínimo de esforço e tempo despendidos e com qualidade profissional.
Descrição
A Dulcis visa ser a solução para os problemas existentes no mercado do consumidor final, com produtos de alta qualidade e preços acessíveis
 
 

Produtos Dulcis:

- Dulcis (Recheios)
- Dulcicremes (Cremes)
- Dulcipastas (Preparados para Mousses)
- Dulcibrilhos (Brilhos)
- Dulcipolpas (Polpas)
- Dulcimassas (Massas)
- Dulcitops (Toppings)
- Dulcisumos (Concentrado de Sumo)

Poderá encontrar produtos Dulcis em:

  • SUGAR DAYS 
    Rua D. Jerónimo Osório, Nº 20-B, 1400-122 Lisboa
  • PLANETA DOS BOLOS 
    Praça Norte, Mercado da Encarnação Norte, loja 8, 1800-281, Lisboa
  • O MEU BOLO no Barreiro
    Rua Camilo Castelo Branco, nº 3, 2830-328, Barreiro
  • O MEU BOLO
    Avenida D. João II, 4.45.05H, 1990-305 Lisboa.
  • Pro Doce - Dicas de Festa Centro Comercial da Vinha, Rua Conde S. Bento, Loja 14, 4785-296, Trofa
  • COMFEIPAS, Zona Industrial, 3ª fase, Lt 6, Olhão.
  • PARTY FLAVOURS
    Avenida da Conduta, nº 78, 4435-485, Rio Tinto

domingo, 15 de junho de 2014

Pão de Leite

Esta foi a primeira vez que fiz pão em casa e adorei a experiência. Fiquei também a perceber que eu e uma MFP nos iríamos dar lindamente. Ah como suspirei por ela na hora de amassar. Mas, por outro lado, também tem o seu lado positivo "meter as mãos na massa". Fez-me ficar ainda mais contente com o resultado final.
Adorei esta versão, que encontrei no blogue Sweet Gula, do Célio que dispensa apresentações e me inspira com as suas verdadeiras obras de arte. Não deixe de visitar.
É um pão pouco doce mas que se torna viciante, até à última migalha. Além disso, fica muito fofinho.
Fiz umas ligeiras alterações à original, que vou assinalar mais abaixo.




Espero que gostem.

Ingredientes:
500 gr. de farinha (usei T55)
70 gr. de açúcar (coloquei 100)
60 gr. de manteiga
220 ml. de leite
20 gr. de fermento de padeiro fresco
1 ovo
1 pitada de sal
1 gema de ovo

Preparação (manual):

Numa cafeteira, amorne o leite e dissolva nele o fermento de padeiro. Numa taça, coloque a farinha, o açúcar e a manteiga em pedaços. Aos poucos, vá adicionando o leite e amasse com as mãos. Adicione o ovo e uma pitada de sal e amasse muito bem, até a massa ficar bem ligada e despegar das mãos. Se necessário, acrescente mais um pouco de farinha. Forme uma bola com a massa, tape a taça com um pano e deixe levedar cerca de 1 hora.
Depois de levadada, divida a massa e 4 porções e com o rolo, estenda cada uma delas de forma oval. Dobre uma ponta até ao meio e dobre a outra ponta por cima. Estenda novamente e enrole de forma a obter um rolinho. Proceda da mesma forma com as outras partes.
Forre com papel vegetal uma forma de Bolo Inglês e disponha lateralmente os 4 rolinhos de massa. Deixe levedar mais 1 hora. 15 minutos antes, ligue o forno a 180ºC e pincele o pão com gema de ovo batida. Leve ao forno cerca de 30 minutos.

___________________________

- tempo de preparação: 30 min + 1 hora + 1.5 hora + 30 min.
- dificuldade: Médio
- vegetariano: Não
- para crianças: Sim
- ingrediente principal: Leite

quarta-feira, 11 de junho de 2014

Floresta Negra.... Reinventado.

Adoro cerejas. E adoro ainda mais come-las ao natural. Nunca tinha feito nenhum doce com este fruto. A cozinha do Titó lançou o desafio no Facebook e eu meti mãos à obra.
A ideia de fazer um bolo Floresta Negra já não é de agora. Babo a olhar para uma foto deste magnifico bolo. Contudo, todas as receitas que encontrava, levavam ginginha ou licor de cereja. Pois acredito que esse ingrediente seja fundamental mas eu não o tinha em casa e por isso decidi adaptar ao que por cá tinha.
Outra característica do bolo Floresta Negra é ser coberto por Chantilly. Poderão fazê-lo, eu não o fiz porque o chantilly cá em casa não é muito apreciado.
Tenho a dizer que as cerejas juntamente com o recheio lhe dão um sabor único.
Decidi ainda fazer uma calda para tornar o bolo húmido, uma vez que apreciamos bastante. A receita do bolo em si, é uma reedição deste que já havia feito para o dia dos namorados mas desta vez efectuei algumas alterações.

Uma curiosidade relativamente à origem do Floresta Negra:

bolo Floresta Negra é o nome da sobremesa alemã Schwarzwälder Kirschtorte, literalmente, "bolo de cereja Floresta Negra"
Tipicamente, o bolo Floresta Negra consiste de algumas camadas de bolo de chocolate, com creme chantili e cerejas entre cada camada. Depois, o bolo é coberto com mais creme chantili, cereja marrasquino, e raspas de chocolate. Em algumas culturas da Europa, são utilizadas cerejas Ginja entre as camadas e na decoração. Tradicionalmente, Kirschwasser (um licor claro, destilado de cerejas negras) é adicionado ao bolo, mas sendo comum também o uso de outros licores (como o rum, mais comum nas receitas austríacas. Nos Estados Unidos, o bolo Floresta negra é mais comumente preparado sem álcool. Entretanto, segundo as tradições alemãs, o Kirschwasser é obrigatório na receita, sendo ilegal a venda do bolo sob o nome Floresta Negra sem o licor.
In Wikipédia
Como podem verificar, o meu bolo foge um bocadinho às "normas" mas eu gosto de adaptar o que faço ao meu gosto.






Ingredientes para o Bolo:
  • 200g de chocolate em tablete
  • 200g de manteiga
  • 6 ovos
  • 250g de açúcar
  • 200 ml de leite
  • 200g de farinha de trigo super fina com fermento (usei normal)
  • 1 colher de chá de fermento em pó
Ingredientes para o Recheio:
  • 400 ml de natas frescas para bater
  • 100g de açúcar em pó
  • 1 colher de café de aroma de baunilha
  • 250 gr de cerejas já descaroçadas
Ingredientes para a Cobertura:
  • 200 ml de natas frescas para bater
  • 200g de chocolate em tablete (usei Pantagruel)
  • 8 a 10 colheres de sopa de natas retiradas do recheio antes de juntar as cerejas.
  • 100 gr de chocolate em tablete para as lascas
  • 1 Chávena de água
Ingredientes para a calda:
  • 200 ml de água
  • 50 gr de açúcar
  • 20 gr de cacau em pó
  • 1 Colher de chá de rum
Preparação:

1. Faça o bolo. Num tacho em banho-maria, coloque a derreter a manteiga e o chocolate.
Quando tudo estiver derretido, mexa até que tudo fique um creme liso.
Retire do lume.

2. Parta os ovos e separe as gemas das claras.
Às gemas, adicione o açúcar e bata até que fique um creme fofo e liso.
Enquanto bate, junte aos poucos o chocolate derretido.
Bata até que tudo fique bem misturado.

3. Bata as claras em castelo bem firmes.
Ao creme de chocolate, envolva alternadamente com cuidado e aos poucos, a farinha peneirada, o leite e as claras batidas em castelo.
Por fim, peneire e envolva também o fermento em pó.

4. Coloque a massa numa forma sem buraco (usei 24 cm), previamente untada com manteiga e polvilhada com farinha.
Leve ao forno pré-aquecido nos 170º e deixe cozer durante 1 hora. Verifique com o palito.
Quando o bolo estiver cozido, retire-o.
Desenforme o bolo com o topo virado para baixo e deixe arrefecer totalmente.

5. Entretanto prepare as lascas. Derreta as 100 gr de chocolate em banho-maria ou no microondas (aconselho fazer em banho-maria). Corte um pedaço de papel vegetal, com largura suficiente para espalhar todo o chocolate. Eu cortei um pedaço, espalhei o chocolate e cortei outro pedaço do mesmo tamanho para colar ao papel com o chocolate. Deve ficar uma camada fina e deixe cerca de 2 cm de margem. Enrole depois em algum objecto cilíndrico, eu usei o rolo de papel de alumínio. Leve ao frigorífico cerca de 1 hora. 

6. Depois faça a cobertura.
Num tachinho, leve ao lume as natas e deixe aquecer em lume brando.
Quando estiverem bem quentes, adicione o chocolate partido em pedacinhos e mexa com uma vara de arames até que fique um creme liso sem deixar ferver.

7. Bata as natas até que fiquem fofas e volumosas.
Enquanto bate, adicione o açúcar em pó aos poucos. Perto do fim, adicione o aroma de baunilha
Bata até que fique chantilly bem consistente. Reserve 8 a 10 colheres de sopa de chantilly num saco de pasteleiro para fazer a decoração
Misture as cerejas descaroçadas (parti a meio as cerejas) com o chantilly.

8. Num tacho, leve ao lume a água e o açúcar. Quando começar a ferver, conte 3 minutos.
Findo os 3 minutos, junte o cacau e o rum e mexa.
Deixe ferver mais 3 minutos e desligue.

9. Depois do bolo frio, corte com cuidado na horizontal 3 fatias iguais.
Coloque as 2 fatias de cima em pratos separados. 
Espalhe parte da calda.
Cubra a base do bolo com metade do recheio.
Tape o recheio com a fatia do meio e acalque bem para que o creme fique bem espalhado.
Verifique se o creme está bem espalhado e que abranja a totalidade do diâmetro do bolo.
Por cima, espalhe o restante creme.
Cubra com a última camada de bolo e acalque bem.

10. Por fim, coloque a cobertura, as laterais e a decoração.
Com a ajuda de uma faca, espalhe o chocolate com cuidado pelo bolo todo. Com o saco de pasteleiro faça pequenos montinhos de chantilly e decore os mesmos com cerejas. Retire o chocolate para as lascas do frigorífico e desenrole com cuidado. Ao desenrolar, este irá partindo aos poucos fazendo lascas que dão um efeito muito giro ao bolo.

Leve ao frigorífico durante 1 hora. O ideal é fazer o bolo no dia anterior, por experiência própria, este bolo é muito mais delicioso no dia seguinte.
______________________
- tempo de preparação: 1.30 minutos + 1 hora ou 1 dia de frigorifico
- dificuldade: Médio
- vegetariano: Não
- para crianças: Não
- ingrediente principal: Chocolate, Chantilly, Cerejas




domingo, 8 de junho de 2014

Macarons de Banana

Este é um dos doces que mais curiosidade me suscitava. Nunca tinha comido, nunca tinha feito e nunca comprei. Contudo, babava-me a olhar para eles em alguns blogues e ficava sempre com a ideia que seria impossível de os fazer sem que a primeira vez (e segunda, e por aí fora) fosse um verdadeiro desastre mas estava por tudo, desde que desse para sentir o sabor, já ficava satisfeita. Vai daí que um belo dia aproveitei o facto de a minha sogra levar o meu bebé e assim ficar com disponibilidade sem ter que andar a ver o que o D. anda a tramar, podendo assim dedicar-me a 100% a este desafio que é fazer macarons
Como podem ver nas fotos, surpreendentemente saíram perfeitos. Os macarons são um doce temperamental. A massa não pode ser demasiado batida, não pode ter restos de amêndoa, correndo o risco de racharem e as temperaturas no forno contam muito. O meu forno é novo e ainda não lhe apanhei as manhas todas, pelo que ainda mais feliz fiquei por à primeira tentativa conseguir controlar a temperatura de forma a ficarem perfeitos. Fiquei super feliz e vou repetir sem duvida.

A receita que aqui apresento é da autoria da Sandra, do blogue Migalha Doce, aliás é um blogue que recomendo vivamente, tendo já testado outras receitas sempre com resultados surpreendentes. 
Copiei literalmente a receita na integra porque de facto não mudei rigorosamente nada e segui-a de principio a fi tal como lá está. 
Este receita para mim servirá de base para outras.
Se não gostar do creme de manteiga usado no recheio poderá usar outros recheios como o ganache de chocolate, o próximo a experimentar.





INGREDIENTES:
Para a bolacha:
  • 2 claras, a temperatura ambiente
  • 75g de açúcar granulado
  • Pitada de sal
  • 75g de amêndoa já moída ou miolo
  • 100g de açúcar em pó
  • ½ c. sobremesa de essência de baunilha
  • Corante alimentar: amarelo
  • raspas de chocolate (opcional)
  1. Pré-aquece o forno a 150ºC. Cobre um tabuleiro com papel vegetal ou uma base de silicone própria para o forno. Se não tiveres muita à vontade com o saco de pasteleiro, com a ajuda de um copo desenha pequenos círculos com cerca de 3cm a 5cm de diâmetro e com 5cm de distância entre eles sobre o papel. Podes também imprimir numa folha branca os círculos e depois só precisas de a colocar sobre o papel vegetal. Há quem use bases de silicone próprias para fazer Macarons, mas pessoalmente prefiro umas destas técnicas.
  2. Entretanto começa por bater as claras com uma pitada pequena de sal, assim que começar a aumentar de volume acrescenta o açúcar aos poucos até o merengue ficar brilhante e sem vestígios do açúcar. Para testar, esfrega um pouco do merengue sobre os dedos, se não sentires os grãos de açúcar significa que está pronto. Reserva
  3. É sempre mais fácil se compares já a amêndoa moída, mas se não encontrares, com a ajuda de uma trituradora moí as amêndoas até ficarem muito bem trituradas. De seguida junta-lhes o açúcar em pó e volta a triturar novamente.
  4. Polvilha metade desta mistura sobre o merengue e envolve em movimentos circulares de baixo para cima. Quando vires que está tudo unido, polvilha o resto da mistura de amêndoa e a essência de baunilha e volta a envolver tudo, sem mexer demasiado. Se ficarem alguns pedaços maiores de amêndoa no passador NÃO os vertas no final sobre a mistura, para evitar que a bolacha quebre.
  5. Acrescenta as gotas de corante. Mexe bem até a cor ficar uniforme.
  6. Verte a mistura para um saco de pasteleiro com uma ponta redonda – eu usei a número 2A da Wilton – e depois é só colocares um pouco sobre o papel vegetal.
  7. É normal que se formem pequenos picos, para que desaparecem é necessário bater o tabuleiro num pano sobre a mesa com algum cuidado. Isso vai também ajudar a libertar algumas bolhas de ar. Deixa a massa repousar cerca de 15 a 30min, para que se forme uma espécie de crosta.
  8. A 5min de colocares o tabuleiro no forno reduz a temperatura para 125ºC.
  9. Coloca o tabuleiro no forno e deixa que os macarons cresçam e se forme um pequeno pé sobre a bolacha, cerca de 15min.
  10. Podes usar um truque dos meus que é, passados 2min de estarem no forno abro um pouco a porta para entrar ar, isso faz com que formem mais depressa o pé da bolacha.
  11. Toda a vez que retirares o tabuleiro do forno volta a aumentar a temperatura para os 150ºC e sempre a 5min de introduzires o outro tabuleiro baixa a temperatura para os 125ºC.
  12. Antes de os removeres da folha de papel vegetal deixa que repousem uns 2min, para que arrefeçam um pouco e fiquem mais firmes. Isso também vai ajudar a que não fiquem agarrados ao papel. Para arrefecerem por completo transfere-os para uma base de arames.
  13. Quando estiverem completamente frios, com cuidado recheia-os com creme de manteiga de banana e decora com as raspas de chocolate. Devora-os de imediato ou então guarda-os num recipiente fechado a temperatura ambiente. São capazes de durar 1 semana se não apanharem ar.
Para o recheio de creme de manteiga de banana:
  • 100g de margarina, a temperatura ambiente
  • 150g de açúcar em pó
  • ¼ de uma banana
  • 1 c.sobremesa de essência de baunilha
  1. Bate a margarina com a banana até ficar um creme macio.
  2. Depois acrescenta o açúcar e a essência de baunilha e volta a envolver tudo até ficar um creme homogéneo.
  3. Verte sobre um saco de pasteleiro e recheia os macarons.
______________________

- tempo de preparação: 30 minutos
- dificuldade: Médio

- vegetariano: Não
- para crianças: Sim
- ingrediente principal: Banana



sexta-feira, 6 de junho de 2014

Pavlova de Chocolate e coulis de morango


Não deixem de experimentar porque a receita é deliciosa. As pepitas de chocolate dão-lhe um toque soberbo. Tenho por hábito fazer a pavlova com iogurte grego mas como não tinha cá em casa, substitui por 1/2 pacote de natas. Tem tudo para fazer lembrar um corneto de morango :) (antes de servir coloco no frigorifico umas 2 horas). A receita da Pavlova é da Nigella mas eu encontrei-a aqui.



 

Ingredientes:

Merengue de chocolate:
  • 4 claras
  • 200g de açúcar
  • 2 colheres de sopa de cacau ou chocolate em pó
  • 1 colher de sopa mal cheia de vinagre
  • 50g de chocolate meio amargo picado
Recheio:
  • 100 ML de Natas
  • 1 colher de sopa de açúcar em pó
  • Morangos para decorar ( eu usei framboesas congeladas, uma vez que já não tinha morangos)
Coulis de morango:
  • 150g de Morangos
  • 50g de açúcar
  • 2 c. sopa de água
  • 2/3 gotas de baunilha
Preparação:
  1.  Pré-aqueça o forno a 180º, marca 4 do fogão a gás.
  2. Bata as claras até formarem picos, junte o açúcar, uma colher de sopa de cada vez até acabar o açúcar, bata até ficar bem firme.
  3. Espalhe o cacau em pó, o vinagre e o chocolate picado em pedacinhos. Envolva tudo com cuidado até estar bem ligado.
  4. Num tabuleiro de forno ponha uma folha de papel vegetal, desenhe um círculo com aproximadamente 20 cm de diâmetro, pode fazer isto pondo uma forma e com um lápis desenhar um círculo á sua volta.
  5. Espalhe o merengue dentro desse círculo sem o achatar muito. Ponha no forno e imediatamente baixe a temperatura para os 150º, marca 2 do fogão a gás. Coza durante 1 hora a 1h15.
  6. Deve ficar bem seco nas beiras mas mais macio no centro. Decorrido esse tempo desligue o forno, entreabra a porta e deixe o pavlova arrefecer completamente lá dentro.
  
Para o Coulis de Morango (receita adaptada daqui):
  1. Coloque todos os ingredientes num pequeno tacho e leva ao lume em lume médio. Até o açúcar dissolver e engrossar um pouco. Acrescente as gotas de essência.
  2. Com a ajuda de uma trituradora faz com que fiquem em polpa e passa-a por um passador para retirar as sementes (não passei por passador e ficou bom na mesma :D.
  3. Verte para um recipiente de vidro e deixa arrefecer por completo.
Montagem:
  1. Coloque as natas e as varas de bater uns 20 minutos no congelador.
  2. Umas 2 horas antes de servir a pavlova, bata as natas com o açúcar para ficar em chantilly. Pelo meio, acrescente umas gotas de sumo de limão que ajudará a tornar as natas mais espessas. 
  3. Depois, é só colocar as natas no topo da pavlova, espalhar o coulis e decorar a gosto.
Espero que gostem :)

______________________
Ficha Técnica:

- tempo de preparação: 60 minutos
- dificuldade: Fácil
- vegetariano: Não
- para crianças: Sim
- ingrediente principal: Morangos, Chocolate


 

domingo, 1 de junho de 2014

Brownies de Chocolate e M&M's


E o dia chegou. O dia Mundial da Criança. Adoro este dia. Hoje trago uma receita mas antes quero escrever aqui umas palavras que certamente quem é mãe concordará comigo.

Se há coisa que me mudou enquanto pessoa, foi ser Mãe . Apesar de já não saber o que é dormir 8 horas seguidas há 17 meses (e meio), não quero imaginar a minha vida sem o meu loiro. É um amor sem medida, sem qualquer explicação. Estar-lhe-ei eternamente grata por me dar a conhecer esse amor.
Desde o dia em que me cruzei com os seus lindos olhos azuis, tudo passou a fazer sentido. Lembro-me perfeitamente do dia em que saí com ele do hospital. Segurava-o firmemente, para que ninguém ousasse sequer pensar em me roubar. É meu e só meu! E de repente, parece que o mundo se torna terrivelmente perigoso. Tem carros, e camiões, e buzinas e poluição. E os psicopatas? OMG. Só o queria encostadinho a mim para que nada nem ninguém lhe fizesse mal. Quanto a vós não sei, mas eu senti-me assim. Ainda hoje sou uma manteiga derretida sempre que ouço histórias trágicas de outras crianças. E é isto. Ele despertou em mim o lado mais sensível, mais humano e mais protector que alguma vez imaginei ter. E é por isto que digo hoje: Amo-te filho, hoje e sempre. Feliz dia da criança para ti e para todos como tu tem a inocência e a pureza num olhar.

Bom…. Já estou aqui com uma lagrimazinha no canto do olho, por isso vamos lá afogar as “mágoas” num BROWNIE J. Esta receita serve também para participar num desfio de um maravilhoso grupo do Facebook, o Dia Um…Na Cozinha.


Pensei muito, pesquisei e voltei a pesquisar. Não foi fácil a escolha, até porque é um tipo de doce que nunca fiz e tinha algum receio, queria escolher uma receita “de confiança”. Mesmo assim decidi arriscar fazer algumas alterações. De uma coisa tinha certeza, queria um Brownie húmido, que penso que é assim que deve ser. Depois, decidi dar-lhe um toque de cor com uns M&M’s que não saiu bem como eu queria, talvez um pacote mais fosse o ideal. Afinal, é o dia da criança e esse dia quer-se colorido. Colorido como deve ser a vida de uma criança J.





A receita é do blogue Cinco Quartos de Laranja e foi ligeiramente adaptada. Coloco a receita original com as alterações devidamente assinaladas:

Ingredientes:
120 g de manteiga sem sal
250 g de açúcar amarelo (usei Mascavado)
2 ovos (usei 3)
1 gema
210 g de chocolate derretido em banho maria (Usei 200gr 70% Cacau)
4 colheres de sopa de café (não coloquei)
1 colher de sopa de rum (não coloquei)
165 g de farinha com fermento
uma pitada de sal
35 g de avelãs inteiras (não coloquei)


1 pacote de 125 gr de M&M's ou mais se preferir (triture grosseiramente 100 gr e reserve o restante)
açúcar em pó para polvilhar
manteiga e farinha para a forma

1. Bater a manteiga com o açúcar muito bem.

2. Adicionar os ovos um a um e, por fim, a gema, batendo muito bem entre cada adição.

3. Adicionar o chocolate derretido. Mexer bem.


4. Adicionar a farinha e o sal e os M& M's triturados . Mexer.

5. Colocar a massa num tabuleiro de forno untado com margarina e polvilhado de farinha. Colocar os restantes M&M's na massa pressionado um pouco de modo a que fiquem dentro da massa.

6. Levar ao forno a cozer durante 20 a 25 minutos a 180ºC ou picar com um palito o centro da massa para verificar a cozedura. O bolo estará cozido quando o palito sair seco.



______________________
- tempo de preparação: 40 minutos
- dificuldade: Fácil
- vegetariano: Não
- para crianças: Sim
- ingrediente principal: Chocolate




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...